Nossa Tomorrowland é diferente

Ser jovem é ter o mundo nas mãos. Hormônios à flor da pele, o jovem quer vivenciar tudo, experimentar novas sensações, arriscar e mudar, tomar em milésimos de segundos decisões que influenciarão toda uma vida. Enfim, a juventude é uma explosão de sentimentos, de desejos, de aventuras e batalhas.

Nesse momento em que é rei do seu próprio mundo, o jovem pode não ter maturidade suficiente para governar o seu reinado, e então se perder em tentações seculares, como libertinagem, violência, drogas e todo e qualquer tipo de vícios. Ao mesmo tempo em que soma conquistas rumo à independência, como dono do seu destino, o jovem deve ter consciência da importância de suas decisões e da importância da presença de Deus em todas elas.

Assim, em meio a esse turbilhão de sentimentos, expectativas e vontades, jovens fora a Itu, a cem quilômetros de São Paulo, para assistir ao festival de música secular Tomorrowland, o maior festival de música eletrônica do mundo, que acontece desde 2005 na Bélgica e foi realizado pela primeira vez no Brasil.

Somente no primeiro dia de festa foram 335 ocorrências, entre médicas e policiais: pessoas atendidas com desidratação por excesso de álcool, drogas, muitas brigas, furtos e até arrastão. Sem contar outras situações que, fora do universo cristão, são vistas com naturalidade, como a exposição do corpo como objeto, o apelo à sensualidade e até o sexo casual, que tem como consequência a proliferação de doenças e gravidez indesejada.

Em contrapartida, durante o Carnaval desse ano, a Sara Nossa Terra organizou mais uma vez a tradicional Conferência Arena Jovem de Carnaval, com a presença de milhares de jovens. Foram três dias de evento com grandes personalidades da música gospel, muita descontração, conexão e celebração ao amor de Deus. Nenhuma ocorrência registrada.

E a destruição? Essa não entra em nossas festas. Nossa substância é lícita: o amor. Nosso ídolo não é a Madonna ou Britney Spears, é Jesus Cristo. O jovem cristão vive de forma plena aos olhos de Deus, e a igreja moderna, que acompanha os tempos em que vivem os jovens, vem colaborando muito para criar um universo confortável para esse público.

O que dizer sobre os jovens que estavam na Tomorrowland? Oremos para que encontrem o amor de Deus e o aceitem como propósito de vida. Somente dessa forma descobrirão a real felicidade. E, nesse momento, nós estaremos de braços abertos esperando por eles!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *