1oo milhões de Bíblias – Sessão Solene e Debate no portal da Câmara dos Deputados

No próximo dia 05 de dezembro, as 10hs acontecerá na Câmara dos Deputados uma importante Sessão Solene em homenagem ao Dia da Bíblia  e a marca dos 100 milhões de Bíblias impressas pela Sociedade Bíblica do Brasil.

O evento será transmitido ao vivo pela TV Câmara e pela internet e durante todo evento haverá um debate sobre a Bíblia  no Portal e-democracia.  Provavelmente será o primeiro debate com um tema cristão.

Vamos divulgar  para todos esse debate onde perguntas sobre a importância da  Bíblia serão feitas. As perguntas serão  na seguinte linha:  – Você é contra a favor da manutenção de um exemplar da Bíblia em escolas, em bibliotecas, -Você é a favor que a Bíblia chegue nas aldeias indígenas? Perguntas nessa linha.

O fórum  promovido  pelo portal  e-democracia, que é um portal da   Câmara dos Deputados,  é um espaço democrático para que a posição da sociedade seja registrada. Outros grupos e segmentos da sociedade sempre usam este espaço e agora chegou a nossa vez. Vamos comparecer e participar deste debate e mostrar a importância da Bíblia na sociedade.

Estaremos transmitindo ao vivo pela SaraOnlineTV e conclamo a todos os nossos internautas, tuiteiros e toda galera da Sara Nossa Terra para que acompanhe e mobilize os amigos, líderes e discípulos, é muito importante!

Para entender a importância da Bíblia, leia esse discurso que fiz no Plenário quando era deputado.

“Damos ao nosso Deus a honra, a glória e o louvor!

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, demais membros da Mesa, boa-tarde.

Com a liberdade que tenho na qualidade de Parlamentar, quero cumprimentar todos, dizendo: a paz do Senhor esteja com todos, nesta Casa e neste País, na tarde de hoje.

Cumprimentos aos convidados

Quero cumprimentar nosso querido irmão e amigo, Pastor Vilarindo Lima, Presidente Decano dos Conselhos de Pastores do Distrito Federal; nosso querido irmão e amigo, Pastor José Inácio, Vice-Presidente da CEADDIF; o Pastor José Aírton Faustino, Presidente da Convenção Filiada; o Dr. Elias Garcia; o Sr. Jessé Pereira da Silva, Secretário Regional da Sociedade Bíblica do Brasil – e aproveito para parabenizar essa grande instituição, a Sociedade Bíblica do Brasil, que tem lutado para colocar a chama da Palavra de Deus na mão de cada homem e mulher nessa geração; nosso querido irmão e amigo, Pastor Pedro, capelão na Frente Parlamentar Evangélica; todos os irmãos, amigos, pastores, missionários e missionárias presentes a esta sessão; o Reverendo Victor Sobers, da Embaixada da Paz; o Pastor Olegário José da Silva; o Pastor Edilson Gonçalves de Souza, da Assembleia de Deus, CIADSETA; o Pastor Odilon Xavier, nosso irmão, amigo e companheiro de batalha; o Pastor Leoclides Arruda; o Pastor

Wilson Barbosa, representante dos Pastores Elienai Cabral e Sóstenes Apolo; e Ministro Aldo Fagundes, que abrilhanta esta sessão.

Antes de qualquer coisa, desejo fazer uma citação. Esperava ocupar a tribuna do lado de lá para ler texto da Palavra de Deus. Por contingência de onde eu estava sentado, acabei ocupando a do lado de cá. Peço ao Sr. Presidente que me autorize passar desta para a outra tribuna, para que eu possa ler um versículo da Bíblia.

O Sr. Presidente (João Campos) – V.Exa. fique à vontade.

O Sr. Rodovalho – Gostaria de ler o Salmo 119, versículo 96, nesta data em que homenageamos, em sessão solene, o Livro Sagrado. E peço à Assembleia que permaneça de pé.

Leitura da Palavra de Deus

Por inspiração do Espírito Santo de Deus, encontramos a seguinte declaração: “Tenho visto que toda perfeição tem seu limite, mas o teu mandamento é ilimitado”. Salmo 119: 96. Graças a Deus!

Podemos sentar. Muito obrigado.

Perfeição ilimitada

Vivemos hoje em meio a uma geração e a uma sociedade muito privilegiadas. Vivemos circunstâncias nas quais encontramos algumas grandes vertentes que têm se desenvolvido muito e chegado próximo à perfeição. Participamos, por exemplo, de um tempo em que o desenvolvimento científico é tremendo, maravilhoso. Quando ouvimos uma orquestra sinfônica, às vezes, dizemos: “Isso quase beira à perfeição”. E o salmista disse que a perfeição tem limite, mas que há uma perfeição que é ilimitada: – O mandamento de Deus ao homem.

Retrospecto da história da humanidade

Nesta tarde, gostaria de fazer um rápido retrospecto da história da humanidade e de lembrar que, a meu ver, as duas mais importantes datas da nossa história são basicamente cristãs, estão intrinsecamente ligadas a Deus: – a história do homem e este Livro.

O nascimento do Messias

Nenhum homem moderno é capaz de questionar a data mais importante que feriu a humanidade: – o nascimento, o advento do Senhor Jesus, o Messias, tanto que nossa história foi dividida em antes de Cristo e depois de Cristo. A civilização cristã, que nasceu em decorrência dos ensinamentos de Jesus Cristo, primeiramente venceu o grande império da época, o Império Romano, e conseguiu extrapolar o segundo milênio da humanidade, chegando até os dias de hoje.

A coragem e a fé de Martinho Lutero

O segundo grande momento da história da humanidade foi aquele que, de alguma forma, fomentou ou deu base aos pensamentos da chamada Revolução Francesa. E o que precedeu a Revolução Francesa foi a capacidade e a coragem de Martinho Lutero, nosso irmão, amigo, pai, precursor na fé, de pegar esse Livro que estava escondido – ou pelo menos esquecido – e colocá-lo na mão da sociedade, do homem comum, para que pudesse ler os ensinos que estão na Palavra de Deus. Dali decorreu o respeito do homem. A vida humana passou a ter dignidade. Passamos a recuperar diversos valores e princípios perdidos.

Revolução Francesa

Logo em seguida, a Revolução Francesa trouxe, no seu contexto, o que a vida moderna de hoje vive, inclusive com diversos princípios e valores, infelizmente, agradecendo ao cristianismo sua colaboração.

Sr. Presidente, essas duas datas foram, de alguma maneira, datas cristãs, em que a Palavra de Deus, a história de Deus com o homem estava no seu DNA, na sua formação, na sua base genética, para que a humanidade pudesse alcançar o que temos atingido.

Ciência X Fé

Até alguns anos atrás, vivíamos num mundo em que a ciência e a fé, ou a ciência e a Bíblia, no parecer de alguns cientistas, não era falada ou não era entendida. Nascemos no mundo do século XX. A ciência do século passado apontava, ditava para a morte da fé, para a ridicularização da Bíblia, o descrédito da Igreja, com as teorias de Marx, de Darwin e até mesmo de Freud, porque foi uma base, uma semente, um contexto genético que evoluiu para as diversas ciências. Apontava, portanto, que no final do século XX a fé seria ridicularizada, a Bíblia seria esquecida e as Igrejas, fechadas.

Se alguém viveu nos anos de 1905, 1910, 1920, 1928, sabe que o século passado representou a total revolução do materialismo, a falência e a morte da espiritualidade, especialmente da Bíblia, da Igreja e da fé do homem moderno.

A Bíblia – o maior Best Seller de todos os tempos

A Bíblia é o Livro mais lido no mundo, inclusive nas universidades. Terminamos o século XX com o maior número de pessoas que acreditam em Deus na história da humanidade, inclusive jovens. A Igreja é a maior potência, está despertando em todos os continentes, nações e países, e vencendo a cortina de ferro, os países comunistas que se reorganizaram baseados nos postulados de Marx, Angels e outros filósofos. Deus triunfou sobre o materialismo. (Palmas)

Iniciamos este século com os dois maiores Best Sellers na área científica, fazendo com que a ciência e a fé se reconciliassem.

Sou físico; fiquei 20 anos na sala de aula. Tenho especialização em ressonância eletromagnética nuclear. Conheço um pouco de ciência.

Programado pela evolução para ter fé

Agradeci a Deus, pois os dois maiores tratados científicos surgiram no início deste século. Um deles é Wilson, grande cientista não cristão, que disse que o homem está, pela evolução da espécie, programado para ter fé. E a evolução mostra que as nações que sobreviveram foram aquelas que creram em Deus. Ele disse: “Eu não sou cristão, sou ateu, mas recomendo: – Sejam cristãos que vocês vão viver mais e viver melhor'”. (Palmas.) Que coisa!

“Eu achei o gene da fé. O homem tem, dentro de si, uma carga genética própria para crer em Deus”

O outro grande cientista é Francis S. Collins, que escreveu A Linguagem de Deus, já traduzido para a língua portuguesa. Quem quiser lê-lo, há em todas as nossas livrarias. O pai do genoma moderno é que fez a leitura de todos os cromossomas e códigos genéticos do homem, na frente da humanidade, do ex-presidente Bill Clinton, de Tony Blair, ex-primeiro-ministro da Inglaterra, e de Presidentes e Ministros de grandes nações. É um cristão transformado por Deus. Leiam o livro ―A Linguagem de Deus‖, que, para mim, é uma verdadeira poesia científica. Diz que na evolução, de alguma forma, Deus, na sua soberania, preparou o homem para crer. A fé faz parte intrínseca da capacidade humana. Ele disse: “Eu achei o gene da fé. O homem tem, dentro de si, uma carga genética própria para crer em Deus”. Com isso, entendo, a ciência reverenciou a Igreja, a religião e a fé humana.

Não temos mais o que discutir com a ciência. Pelo contrário. Temos de respeitá-la, conquanto ela respeite a área da fé humana

Como a ciência não tem resposta para os grandes problemas que só passam no âmbito da fé do homem, assim também muitas vezes nós – a Igreja – não conhecemos todos os instrumentos científicos. Quando a Igreja é Igreja na sua essência, ela está preparada e focada na sua missão de pregar o Evangelho e de transformar a nossa geração.

A Bíblia Sagrada hoje ainda é, sem dúvida alguma, o Livro mais fundamental em toda a nossa civilização.

Gostaria agora de dizer à TV Câmara e à Rádio Câmara, que nos transmitem ao Brasil: – todas as democracias do mundo têm a base neste Livro. Nação que rasga este Livro, mais cedo ou mais tarde, tornar-se-á totalitarista, intolerante e escreverá com sangue o restante da sua história. (Palmas.)

Em todas as nações democráticas, a única força capaz de sustentar a democracia é este Livro Sagrado e a fé do homem em Jesus Cristo e no Senhor

A história já está suficientemente amadurecida para olhar para trás e dizer: – todas as religiões são boas, todas as religiões têm seus valores – é verdade -, todas as religiões têm seus méritos. E não vamos fala sobre isso, porque não é nosso ponto hoje. Mas quero deixar um recado: – democraticamente, as religiões que sustentam o estandarte da liberdade são cristãs, cuja raiz é o cristianismo e a Bíblia tem o seu devido respeito e o seu devido lugar.

Um postulado que jamais poderá ser esquecido

Quero dizer isso aos nossos intelectuais, às nossas universidades, aos nossos mentores, à nossa imprensa secular. Lembrem-se disso. Esse é um postulado que jamais poderá ser esquecido.

Um grande filósofo francês da atualidade, católico, recentemente escreveu um best-seller sobre religião e democracia. E termina o livro dizendo que, se quisermos um mundo democrático, entendamos que temos de dar as mãos à Igreja, especialmente à cristã, com fundamento na Bíblia Sagrada. (Palmas.)

A Bíblia foi o Livro mais pesquisado e inquirido da história da humanidade

Sr. Presidente, hoje, a Bíblia também tem sido o Livro mais combatido. No século passado, a Bíblia foi o Livro mais pesquisado e inquirido. E isso foi muito bom, porque quanto mais se gastou recursos em pesquisas para provar a não veracidade da Palavra de Deus, provou-se o contrário, que ela é a palavra inspirada por Deus. É um livro escrito no intervalo de quase 4 mil anos, em diversos idiomas, para diversas culturas e sociedade, mas não se encontram nele conflitos, incoerência de datas nem incoerências científicas ou filosóficas que poderiam descredibilizá-lo.

Agradecimentos à Fundação Rockfeller

Sem dúvida alguma, hoje a Bíblia é o Livro mais fidedigno que temos em nossa geração e em nossa sociedade. E isso graças não aos cristãos, e sim àqueles que tiveram a coragem de gastar milhões, como fez a própria Fundação Rockfeller, que, como todos sabem, gastou milhões em pesquisas para provar que a Bíblia era uma farsa. Aonde chegaram? A Bíblia tem razão, a Bíblia é a luz de Deus neste mundo que aponta o caminho para a humanidade.

Lâmpada para nossos pés e luz para o caminho

Que Deus nos abençoe na tarde de hoje e que possamos fazer deste dia uma data comemorativa. Mais do que apenas dizer que estamos celebrando um Livro, temos em nossa companhia os pensamentos de Deus, a mente de Deus, o coração de Deus.

Nossa geração dispõe de um presente, que é a luz de Deus, para que o homem se ilumine na escuridão da sua existência. Temos filósofos, correntes, universidades, educadores, uma civilização perdida. Qual foi o apogeu do movimento hippie? Uma geração gritando e dizendo: “A vida não tem sentido”. Se o homem desvia seus passos desse Livro, a vida se torna cinza, escura, trevas, não há por que viver; a vida torna-se apenas um suplício de existência, e a pessoa se droga, busca todo tipo de narcótico, porque o homem precisa anestesiar sua consciência para viver.

Esse Livro e a proteção de Deus, o Brasil jamais poderá prescindir deles

Por fim, Sr. Presidente, quero lembrar que há uma proposta tramitando nesta Casa para a reforma do Regimento Interno. Quero pedir ao nobre Deputado Takayama, que aqui está, assim como ao Deputado João Campos, que preside a sessão, ao Deputado Mauro Benevides, que aqui está nos ouvindo, e a todos os Parlamentares desta Casa, que nos ajudem, porque há algumas propostas para que este Livro seja tirado do plenário e retirado da abertura das nossas sessões as palavras “sob a proteção de Deus”.

Deus é maior do que o homem, a Igreja, denominações, partidos políticos, o Congresso Nacional, o Brasil. Esse Livro e a proteção de Deus, o Brasil jamais poderá prescindir deles.

Que Deus nos abençoe!”

 

 

 

Bispo Rodovalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *