As Consequências Da Queda

Do ponto de vista da natureza humana, ocorreu uma grande consequência: o Espírito de Deus que estava em Adão adormeceu e, a partir daí, não mais seria o Espírito a regê-lo, mas a sua própria força e vontade.

“Então formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra, e lhe soprou nas narinas o fôlego da vida, e o homem passou a ser alma vivente …” (Gn. 2:7).

O homem passou a ser escravo da sua própria natureza terrena. Até aquele dia, Adão podia andar como devia, pelo fato de ter o Espírito de Deus agindo sobre ele, porém a partir daquela data, ele começou a não ter o elemento Divino atuando e agindo. Isso gerou todos os conflitos e problemas pelos quais tem passado.

Em Gn. 2:16-17 o Senhor disse: “de toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás, porque no dia em que dela comerdes, certamente morrerás …”

Quando a serpente tentou Eva, ela disse: “… não é verdade, vocês podem comer, devem comer…”.  É interessante notarmos que Eva estava diante da árvore do conhecimento do bem e do mal. A serpente a levou para perto da árvore e despertou sua concupiscência. Entendemos que Deus criou Adão neutro, como uma folha em branco; ele não tinha comido da árvore da vida e nem da árvore do conhecimento do bem e do mal. Se ele comesse da árvore da vida, então Cristo estaria sendo impresso nele e sua vida seria como a de Cristo; porém, se ele comesse da árvore do conhecimento, sua natureza seria impregnada pelo efeito do bem e do mal. Acontece que o conhecimento do bem e do mal é a natureza diabólica. O diabo conhece o bem e o mal, mas Deus somente o bem, nEle não há mal.

“… ninguém, ao ser tentado, diz: sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e Ele mesmo a ninguém tenta …” (Tg. 1:13).

Concluímos que a árvore do conhecimento do bem e do mal estava em associação com o diabo, e se relaciona com sua palavra. A natureza maligna foi impressa no homem, ao invés da natureza de Deus. Por ter obedecido à palavra da serpente e não à Palavra de Deus, Eva foi submetida ao impacto da semente do inimigo. A palavra é a semente.

“… portanto, despojando-vos, acolhei com mansidão a palavra implantada em vós, a qual é poderosa para salvar as vossas almas…” (Tg. 1:21). 

A Palavra de Cristo é a semente que em nós foi implantada, e é poderosa para nos salvar e justificar. Da mesma forma, a palavra da serpente é uma semente, e quando Eva a ouviu e obedeceu, ela se submeteu àquela palavra deixando-a proliferar e crescer em seu coração. “… pois o que permanece nele é a Divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus …” (I Jo. 3:9). “… não segundo Caim, que era do maligno …” (I Jo. 3:12). 
Continua….

Um comentário em “As Consequências Da Queda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *