Bispo Robson Rodovalho indaga no 2º dia de Celebração de Inverno: Por que Deus ouve as orações de alguns e outros não?

Bispo Rodovalho levou  muito entendimento na manhã desta quinta-feira, 17. Ele ministrou na Celebração de Inverno, tanto na Sede quanto no Ginásio Arena, sobre o por que Deus ouve as orações de alguns e outros não. Como exemplo, citou a vida de Jabez e Balaão, homens que tiveram ações distintas e receberam como respostas avaliações também distintas de Deus.

Observou que Jabez pediu autorização a Deus para ser próspero e, assim, Deus o fez, pois tornou-se dependente do Senhor. Diferente de Balaão, que seguiu o preço dos encantamentos. “Deus não ouve quem está encantado pelo dinheiro, status ou fama. Encante-se por aquilo que é santo e sagrado “, destacou.

Bispo Robson chamou atenção do presentes dizendo que enquanto o alvo for maior que Deus, nunca irão possuí-lo. “Não aceite as coisas pré-determinadas, trace uma rota de sucesso, analise cada etapa, as mudanças de atitudes e as ações para chegarem aos lugares novos. Estratégias novas mudam as fases”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *