Competência produz tolerância

Sua tolerância produz vida e longevidade à situação na qual você se encontra. A intolerância com o seu presente é que lhe projetará a um futuro diferente do qual você está vivendo.

Enquanto você for passivo, você procrastinará a mudança de fase da sua vida. Enquanto você achar que é razoável o que você está vivendo, você será tolerante com a sua situação e com seu presente, e isso é combustível para as forças que lhe mantém estagnado. É por isso que toda mudança de ciclo é precedida de uma crise. Não existe mudança de um ciclo sem uma grande crise que a precede.

Vemos isso na própria natureza, por exemplo, no bicho-da-seda e na borboleta. A crise que se estabelece naquele ser pra se ver livre daquela crosta que o prende, é horrível. Ele luta angustiantemente para se livrar daquele invólucro, buscando luz, ar e libertação durante vários dias. Quando ele consegue, parte para uma nova vida, de liberdade plena. É importante respeitar os ciclos da vida, pois não existe ruptura sem crise.

O ser humano não tem o poder de administrar os acontecimentos de sua vida, mas ele precisa saber que todos esses acontecimentos o projetam para um novo ponto e um novo ciclo. Somos capazes de analisar os ciclos que nos anteveem, temos de ser capazes de pensar à frente do nosso tempo. A tolerância e o ajuste à realidade presente, trás longevidade à situação que você está vivendo. Se o seu interior começa a gritar por mudanças e o seu projeto perdeu o sentido para você é porque começaram a acender as luzes da mudança.

Quando a rotina lhe aborrece a ponto de você se impacientar, é sinal de que mudanças estão sendo pré anunciadas. É como os beduínos no deserto, que percebiam que haveria chuva pela mudança na tonicidade do sal. Quando o sal se tornava grosso e úmido, a umidade dos ventos estava pré-anunciando as chuvas, e as faziam chegar até dois dias antes. Assim como o tempo tem essas características e sinais, a vida humana também. Cabe a nós compreender isso e ver se estamos tolerantes ou intolerantes com o presente ao desejar o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *