Folheto muçulmano estimula a morte de Judeus e cristãos, na África do Sul

Nos últimos dias estão sendo distribuídos em Durban, na África do Sul, um folheto que incita o ódio contra os judeus e cristãos. “Mate um judeu ou um cristão e ganhe recompensa do Jannah (Paraíso, em árabe)”, diz o folheto. Com os últimos conflitos, os grupos extremistas estão cada vez maiores, com a prática de sequestros e mortes de cristãos no Oriente Médio.

Mesmo países com maioria cristã, como é o caso da África do Sul, correm perigo de ter o ódio espalhado por meio de grupos radicais.

O sacrifício dos mártires já é algo antigo, que vem desde as Sagradas Escrituras, onde os seguidores de Cristo pregavam a fé até a morte. Um dos exemplos mais conhecidos é o de Estevão, que alcançou sua conversão pouco depois da morte e ressurreição de Jesus Cristo. Ele foi apedrejado até perder a vida. Outro que também é sempre lembrado, é o apóstolo Tiago, que foi decapitado.

Segundo registros históricos, nos tempos antigos, cristãos também foram colocados em arenas para que os leões os devorasse. Eram esquartejados e mortos com muitos sofrimentos. Mesmo diante de tantas dificuldades, o cristianismo tem passado por todas as provas e reúne hoje pelo menos um terço da população mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *