NOVA GERAÇÃO

Que lástima! Deus escreveu sobre Jotão tudo aquilo que não pôde escrever sobre Uzias. Cremos de todo coração que este chamado era para Uzias, seu pai. Mas ele falhou. Ele não soube viver dentro dos seus limites. Ele não soube administrar o poder com um coração de servo, por isso ele se corrompeu.

Eu não gostaria que Deus escrevesse sobre a nossa geração o que Ele escreveu sobre Uzias. Eu creio que cada nova geração tem sua hora e sua unção. Logo, não podemos deixar que a geração seguinte alcance o desafio que era para a nossa geração. Que Deus nos dê força e graça suficientes para obedecermos a plenitude do Seu chamado e assim a próxima geração possa ir avante no chamado que Deus planejou para ela.

Deus não desiste de seus propósitos. O fato de Uzias ter falhado não significava que Jotão também teria que falhar. Porque um homem falha, não quer dizer que todos os outros devem estar debaixo do mesmo juízo. Deus acredita no homem. Assim que Uzias falhou, Ele já começou a preparar Jotão. Ele passou Sua unção e poder para a próxima geração. Deus não desistiu porque Ele tem uma aliança com seus propósitos.

O poder de Uzias era o seu objetivo. A glória de Deus e o bem estar de Israel era a paixão de Jotão. Um servia para ter poder e o outro precisava do poder para servir. Que sua vida seja assim, mesmo com poucos versos ou palavras, mas que você fale a sua geração. Que Possamos ter o poder que Deus quer colocar em nossas mãos para servir. Que a paixão pela Missão seja o maior clamor dos nossos corações. E que esta missão seja a busca da excelência!

Que você possa aceitar o desafio de ser um “nobre”, um “príncipe da excelência”, um “embaixador do reino da excelência”. Para isto você deve dar a sua vida, o seu coração, e o seu empenho. Eu tenho certeza que isto já é realidade na sua vida. A nossa geração escreverá uma nova história – a história da excelência! E como o nosso País precisa disto!

Esse milagre só será possível quando, cheios de unção, exercermos a fé vitoriosa. Quando aspergirmos a “unção da excelência” sobre o nosso povo, sobre a nossa nação, e sobre a nossa sociedade. Agindo dessa forma, teremos um país diferente e abençoado por Deus. Que o Senhor te abençoe e te ajude a ser um príncipe, um nobre, e um homem cheio do “espírito de excelência”.
Bispo Rodovalho
16/05/2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *