O poder do amor em nossas vidas

caridadeO que explica a perfeição do ser humano criado por Deus? No livro de Romanos existe uma citação sobre o assunto: “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, a não ser o amor recíproco; porque aquele que ama o seu próximo cumpriu toda a lei. Pois os preceitos: Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não cobiçarás, e ainda outros mandamentos que existam, eles se resumem nestas palavras: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. A caridade não pratica o mal contra o próximo. Portanto, a caridade é o pleno cumprimento da lei” (Rm 13, 8-10).

Talvez um dos principais ensinamentos da Bíblia seja quando Deus diz “amai ao próximo como a ti mesmo”. Mas o quanto temos praticado esse ensinamento dentro da igreja? O quanto se ama de forma incondicional e o quanto se pratica o bem verdadeiro no mundo cristão?

Há alguns meses aconteceu algo abominável em Santos/SP, vocês devem ter lido a respeito. Uma determinada mulher foi apontada como assassina de crianças e bruxa em um bairro da cidade, a história se espalhou pela região, e em meio ao movimento da rua, as pessoas daquele lugar decidiram fazer justiça com as próprias mãos. Torturaram essa mulher até a morte, o que foi visto em um vídeo divulgado posteriormente. Em nenhum momento foi dado a ela o perdão da dúvida. Depois veio a descoberta: a acusada era inocente, jamais havia matado alguém, era tudo especulação.

No livro João 8, 1-11, intervindo do apedrejamento de Maria Madalena, Jesus disse : “Aquele que nunca pecou atire-lhe a primeira pedra.” Agora, o que podemos tirar desse ensinamento? Quantos cristãos será que estavam envolvidos nesse crime em Santos? Se a pedra estivesse em suas mãos, você atiraria?

Então, eu pergunto: o que é amar? É respeitar, aceitar as diferenças, tolerar, conviver, entender, colocar-se no lugar do outro e viver a vida fazendo o bem sem julgamentos. Esse é o verdadeiro amor genuíno aos olhos de Deus.

O mundo está cada vez mais violento e as pessoas cada vez com menos escrúpulos. Nesse contexto, muitos cristãos se esquecem da palavra de Deus e seguem uma tendência de agressões, desrespeitos e desamor.

A questão é que atualmente muito se julga e pouco se ama. Como estava dizendo no início, começar é sempre muito difícil, dá medo e causa receio. Mas tudo que começamos com amor se torna mais fácil, como por exemplo a viver (como é mais simples viver com o amor de Deus).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *