Pais falham imbuídos de amor

familia_pais_relacionamento_261212Paulo nos ensina em Efésios 6:2 um princípio muito importante: honrar pai e mãe.  Ele detalha que quem o faz tem vida longa na terra. Esse “código de honra” envolvendo a relação de paternidade não tem pré-condição. Ele não entra na questão de merecimento ou não. A palavra usada aqui é clara e forte: honra.

Infelizmente, inúmeras pessoas vivem debaixo de amargura devido às falhas de seus pais. Outros rompem completamente com seus progenitores e tentam se justificar dizendo “não se sentirem amados”. Não acredito que as falhas dos pais devem ser justificadas, mas temos que ter a capacidade de enxergar além do véu humano. Pessoas falham mesmo imbuídas das melhores intenções.

Quando o erro humano se sobressai, a soberania divina se estabelece, sempre para o nosso bem. Portanto, vemos Deus agindo nestas situações para formar nos filhos estruturas morais, éticas e capacidade para suportar a dor e os sofrimentos que poderão lhes sobrevir no futuro.

Na quase totalidade dos casos, os pais deram o melhor de si aos seus filhos, porém, isso foi insuficiente.  A maioria dos filhos sai para a fase adulta com marcas e feridas como baixa estima e senso de desvalor. Invariavelmente põem a culpa em seus pais. Vemos que existem pendências emocionais não resolvidas que se tornam grilhões para toda vida. Acreditamos, inclusive, que a maioria dos distúrbios emocionais e comportamentais das pessoas nasce daí. O lar, ao invés de ser o lugar formador do caráter e da identidade, torna-se o fosso da alma.

Estas pessoas carregam amarguras, insensibilidades e sendo de desprezo por si e pelos outros. Acredito que, na época de Jesus, a vida era bem mais difícil. Os pais lutavam pela sobrevivência, pois viviam em uma civilização onde as crianças eram consideradas “pequenos adultos”. Nascia daí o sentimento de desprezo pelos pais. Foi isto que Jesus Cristo tentou corrigir, lembrando o mandamento de Moisés.

Os filhos devem viver sob o código da honra com seus pais, pelos simples motivo deles terem lhes dado o maior dom de todos que é a vida. Ainda que os pais tenham falhado na sua missão, eles merecem honra por terem sido o canal da vida seus filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *