Quem anda com Deus não passa por acidentes, mas vive um propósito

Hebreus 11: 24 “Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha de Faraó“. Moisés, ainda dentro do palácio recusou ser chamado filho da filha de Faraó. A gente pensa que o que tirou Moisés do palácio não foi uma  escolha, mas uma tragédia. Foi um acidente, porque ele se envolveu em uma luta e como um acidente um rapaz caiu, bateu a cabeça e morreu e por isso, ele foi perseguido injustamente. Mas o texto de Hebreus diz diferente. Fala que Moisés recusou ser chamado filho da filha de Faraó. Uma escolha, uma opção. Escolhendo antes, ser maltratado como o povo de Deus.  Tendo por maior riqueza o opróbrio de Cristo do que os tesouros do Egito, porque tinha em vista uma recompensa. Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei, porque ficou firme como quem ver o invisível.

Ele escolheu não ser neto de Faraó, antes de acontecer o acidente com ele, ou seja, quem expulsou Moisés do palácio não foi um acidente. Se aconteceu algum acidente na sua vida e você se encontrou injustiçado, entenda que não foi acidente, porque Deus está através dessa circunstância te levando para uma nova realidade, muito melhor do que está te esperando lá na frente.

Normalmente nós humanos dizemos: “Por que aconteceu isso comigo? Há meu Deus, como aconteceu esse acidente? Mas eu não queria, não tive culpa”. Coloca a sua vida nas mãos de Deus e a partir daí não terá acidente, mas terá propósito.  Se acontecer um acidente, uma situação maior do que você, Deus está te enviando através dessa circunstância. Moisés estava exatamente cobrando isso: “Senhor foi um acidente, eu só fui separar uma briga”. Lá tinha um egípcio atingindo um hebreu e Moisés foi apenas para intermediar e nisso o rapaz caiu, bateu a cabeça e morreu. E aquele acidente mudou totalmente o destino da vida de Moisés. Se fosse outra pessoa diria: “Aonde está Deus? Deus esqueceu de mim? Eu estou clamando, estou buscando e aí acontece uma situação que me tira do palácio. Que me tira da situação que estou?”.

Entenda que Deus não permitiu um acidente na vida de Moisés, Deus o arrancou do Egito e o mandou para o deserto por 40 anos para prepará-lo, para trazê-lo de volta como um grande libertador de Israel. Moisés escolheu sair do palácio, não foi o acidente que o mandou para o deserto apenas, foi uma escolha. Moisés escolheu rejeitar ser chamado neto de Faraó e ele preferiu a riqueza de Cristo do que os tesouros do Egito.

E para andar com Deus, você tem que fazer escolhas. Não dá para você segurar a riqueza de Cristo e o tesouro do Egito, você vai ter que escolher entre um e outro. Por isso, toda vez que você abrir mão do tesouro do Egito, toda vez que virar as costas para isso, tem uma riqueza bem maior, 100 vezes mais te esperando na frente.

Para andar com Deus é preciso perder, mas não são coisas certas. Você tem que perder aquilo que é errado e não tem futuro. Que não tem propósito de Deus para você. Tudo que não faz parte do plano de Deus na sua vida você tem que perder, porque quando você perde, você semeia e tudo que você semeia, você ganha. Ou você tem fé para sair do Egito  por completo ou pela metade, mas gente dividida não recebe os milagres de Deus.

Então, apague as suas agendas do passado, bloqueia as suas páginas da internet. Saia do Egito de pé, emoção, coração, mente e valores. Saia por inteiro. Levanta a sua cabeça e saia do Egito, porque você sabe pra onde vai. Se Moisés tivesse ido para o deserto por um acidente, não teria mérito na escolha dele, mas não, ele não foi porque não iria viver a cultura do Egito. Ele pertencia a um novo propósito e iria viver ele. Por isso, não tenha medo de sair do Egito, das boates, das bebidas, porque lá só tem dores. A verdadeira alegria, o prazer e a paz está te esperando para o projeto do futuro que Deus tem para você. Não tenha medo, não!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *