RECONHECENDO OS ERROS

Pior do que tropeçar é tentar se justificar ou buscar um culpado para a queda.


Há coisas que não tem justificativas. Precisamos de fato assumir o erro, confessar que erramos, pedir outra chance e mostrar que estamos debaixo do sangue de Jesus aceitando a correção e a disciplina, porém sem parar, pois a unção do Espírito Santo de Deus irá nos fortalecer para superarmos o momento de dificuldade.


“Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida”. Provérbios 6:23.


Quando erramos precisamos explicar e não justificar. Explicar é mostrar as circunstâncias e falhas humanas que nos fizeram errar. Errar é do homem, nós somos humanos e erramos sim. O perdoar é de Deus. E se nós falharmos, não quer dizer que iremos desistir, mas que transformaremos a falha em experiência e aprendizado.


Pior do que falhar é desistir. Não ceda à essa pressão, persevere, aceite a correção e realinhe-se à vontade e direção do Pai. Siga em frente em nome de Jesus!




Bispo Rodovalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *