Seja portador da competência

Quando você cria ou faz alguma coisa, você é capaz de dizer que aquilo que você fez é muito bom? Ou você olha para a sua criação e diz que está mais ou menos? Se você não é capaz de dizer que está muito bom, você ainda está comprometido com a mediocridade. Se você não puder assinar aquilo que criou com a expressão “isso é muito bom”, você não está tendo compromisso com a competência. Quando você for capaz de dizer que aquilo que Deus disse depois de cada criação, então você estará comprometido com a competência.

Se você compuser uma música, pintar um quadro ou escrever um livro e olhar para trás e disser que está mais ou menos, você ainda permanece na mediocridade. O “mais ou menos” não tem compromisso com a competência. O “mais ou menos” tem compromisso com a mediocridade. Nós não somos filhos de um Deus medíocre. Nós somos filhos de um Deus excelente. Ele imprimiu em nós a competência. O clamor pela competência está em nossas vidas.

A Bíblia diz que as nações olhariam para a igreja, que viriam até por causa de sua competência e formosura. Você só vai ganhar os seus colegas de trabalho quando o que fizer for mais excelente do que aquilo que comumente eles fazem. O seu trabalho deve chamar a atenção de todos aqueles que lhe cercam. Eles precisam reconhecer que o que eles fazem é bom, mas aquilo que você faz é excelente.

Você atrai o que você ama, e repele o que aborrece. A sua paixão tem magnetismo. Sua reprovação tem a força de repulsão. Atrás desse princípio, compreendemos o valor do respeito. o que eu amo eu respeito, o que eu respeito eu atraio. Essas forças são praticamente impercepitíveis. Aprenda a se relacionar com respeito. Conecte-se com as pessoas que lhe inspiram. Consiga uma forma de correlação na qual você não traga problema para as pessoas e sim algum tipo de benefício, isso lhe dará favor diante delas.

Esse favor lhe dará a oportunidade de conviver, aprender detalhe e receber motivação e inspiração. Você jamais receberá motivação e inspiração de uma pessoa ao criticá-la, mas ao aceitá-la mesmo com seus defeitos. A gente cresce por convivência e convivência é inspiração. Assim, se você é competente, atrairá para sua vida todas as coisas que ama e, por conseguinte, se tornará mais competente em cada uma delas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *