Trabalho Prazeiroso

1 Crônicas 22:11-16

Deus tem unção e promessas para o trabalho de cada homem. O trabalho deve trazer alegria e consolo e não se tornar um fardo pesado. A benção de Deus nos leva a trabalhar menos, com maiores resultados, e não devemos deixar o inimigo roubar isso de nós.

Deus abençoa nossa intensidade e nosso prazer no trabalho e, por isso, ele não deve ser uma fonte de dor e sofrimento.

Se algum trabalho nos marcou ou machucou, é preciso um toque da graça de Deus para esquecer e curar o sofrimento causado. Trabalhando com fé alcançaremos as promessas de Deus. Quem trabalha duro e tem aliança com Deus prosperará. O trabalho não pode amargurar a vida, porque é uma benção de Deus.

Trabalho é uma forma de oração porque chama a atenção de Deus. Ele nos quer trabalhando com prazer e alegria e, se o nosso trabalho está nos fazendo chorar, Ele pode nos colocar em uma situação melhor!

Bispo Rodovalho

Um comentário em “Trabalho Prazeiroso

  1. Boi noite Bispo…
    Eu recebo a sua palavra em nome de Jesus…
    Então, como a sua palavra foi sobre o trabalho, eu senti vontade conversar com o Senhor sobre o meu trabalho. Eu sou servidora pública na Prefeitura de Águas da Prata – SP. Moro em Poços de Caldas, na zona sul. Fica bem longe para ir até lá. Eu pego dois transportes coletivos urbanos dentro de Poços de Caldas, para chegar até a rodoviária e mais um ônibus da Linha da Viação Cometa, todos os dias….São três transportes para ir e voltar de Águas da Prata. Já faz alguns meses que eu pedi para o meu chefe custear o vale – transporte daqui de dentro de Poços também, pois pela lei, o vale – transporte tem que ser deste a saída da minha casa até o trabalho e vice – versa. Mas até o momento não tive respostas. E lá eu não tenho uma sala adequeda para trabalhar. No edital foi escrito que a minha carga horária seria de 30 horas para eu cumprir, 30 horas semanais. Mas não há sala disponível para que eu possa cumprir essa carga horária e nem pacientes, pois os pacientes não estão sendo encaminhados para mim. As pessoas não estão indo me procurar no Pronto Socorro. Quando eu assumi o cargo me colocaram na escola . Mas na escola só pode trabalhar Fonoaudiólogo que é Orientador Educacional. E de acordo com Resolução do Conselho Federal de Fonoaudiologia o Fonoaudiólogo não pode fazer o tratamento na escola. Tem que ser em outro lugar. Então eu pedi para o Secretário de Saúde, mostrando a resolução por escrito e ele me colocou no Setor da Saúde que é onde estou lotada, eu estou lotada da Secretária da Saúde. Mas me colocaram na mesma sala que uma Psicóloga. Ela nunca tinha horário certo para atender. Então pedi o Secretário da saúde que estabelece um horário para nós duas, horários diferentes . Mas ela custou a entender e depois disso ela me ficou me pressionando pois eu abri meu coração para ela, contei minha vida, pois confiei nela como psicóloga e amiga, achei que ela fosse minha amiga, pois eu trabalhei lá em 2008 também. Mas o que ela fez comigo não foi terapia e sim um trabalho lá dentro do PS para me destruir. Ela articulou com todos os meus colegas sobre o meu passado, de quando eu tinha problemas psíquicos pois eu contei a minha vida para ela, confiei nela ingenuamente. Ela me induziu… Mas eu percebi isso tudo através do Espírito Santo de Deus. Mas eu não estava preparada até há uns 18 dias mais ou menos, foi quando eu passei mal lá, pois todo mundo estava sabendo da minha vida passada. Então aquilo foi me deixando tensa, nervosa e passei muito mal, tive reações estranhas… Comportamentos que foram induzidos por ela e por todos os colegas, pois ela fez trabalho de feitiçaria mesmo. Eu percebi tudo mas não soube lidar com isso.. Chamaram meu pai lá para ele ir me buscar. Daí fui no meu pisiquiatra, estou medicada e me deu atestado de licença por 15 dias. Venceu 15 dias na última segunda feira. Na terça meu marido passou muito mal de madrugada e tive que levá-lo no hospital e não pude trabalhar pois não podia deixá-lo em casa no estado em que se encontrava. Daí na quarta – feira também não fui trabalhar porque eu lembrei que quando me pai foi mu buscar e deixei a chave da sala e do meu armário lá dentro da sala, então liguei para a Secretário do Sr. Enivaldo e ela disse que não precisaria ir trabalhar ontem por causa disso pois a chave estava , ou melhor poderia estar com ele, e ele não estaria lá ontem então era para eu ficar em casa. Mas hoje cheguei lá e a porta da sala estava trancada. Ele me falou que eu não poderia abrir a sala pois eu não poderia voltar a trabalhar sem fazer perícia e que lá está sem perito já há algum tempo. E eu já precisei fazer perícia outras vezes e não fui chamada pra fazer a perícia. hoje ele me garantiu que ia me ligar hoje pra me avisar que amanhã teria alguam médico lá pra fazer a perícia. Mas ele não ligou. Por isso tenho pedido muito a Deus que abençõe o Conselho Federal de fonoaudiologia para nos ajudar. Ajudar e a meus colegas que tb podem estar passando por situações parecidas. Estou preocupada poias assumi o Cargo dia 07 de março, tenho cópia dos documentos comigo. Naquela cida há muitas obras de macumbaria e feitiçaria. Eu pude enxergar. Não tem organização lá… Desculpe a franqueza, mas eu sinto medo das pessoas que estão lá, pois todo munda lá acha que louca por causa das articulações que ela fez junto outra psicóloga que antendem na escola. Eles querem me derrubar porque querem que fono atenda na escola faça o tratamento na escola e não pode….o Conselho Federal proíbe, a não ser como eu disse antes que seja um trabalho Educacional. Lá no PS também trabalha um psiquiatra que foi minha psquiatra a anos atráz, aqui em Poços, não sei se ela também está envolvida nisto. Por gentileza Bispo te peço por favor que me ajude, estou preocupada pois as condições de trabalho lá não estão de acordo com a regras do CFFA., eu tenho que seguir as leis do Conselho e claro as suas também!!! Obrigada pela sua atenção Bispo!!! Fique com Deus!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *